O que é a EFT

Para entendermos um pouco melhor da EFT, podemos compará-la com:

  • É como a acupuntura, só que não usamos agulhas, mas sim batemos com as pontas dos dedos. E ao mesmo tempo nos dirigimos a certos sentimentos e emoções. É a acupuntura sem agulhas ou acupuntura emocional.
  • É como uma terapia em um atendimento psicológico, com o adicional do componente físico do Tapping (batidas), que nos permite encontrar a raiz do problema de maneira mais rápida.
  • É como uma hipnose no sentido que tratamos com a mente e ao mesmo tempo trabalhamos com as energias sutis do corpo para uma melhor solução dos problemas.
  • É como counseling, ou aconselhamento, adicionada às ações físicas que facilitam e agilizam a liberdade emocional.
  • É uma forma de acupuntura psicológica, com a diferença que não se usa agulhas no seu tratamento, e sim as pontas dos dedos.

O importante é concentrar-se no item negativo que bloqueia o fluxo da corrente normal da energia dentro do corpo. Uma vez restaurado o equilíbrio energético, o problema em questão estará solucionado.

Haverá ainda a memória (como, por exemplo, no caso de um trauma), mas a carga negativa é anulada. De um modo geral, o resultado é duradouro e vem sempre acompanhado por mudanças positivas no pensamento. A técnica é fácil de aprender e ideal para a auto-cura.

A técnica de EFT (Técnica de Libertação Emocional) foi desenvolvida pelo americano Gary Craig há menos de duas décadas. Ela faz parte de um revolucionário grupo de técnicas no campo da psicologia energética e oferece uma possibilidade de alívio rápido e efetivo a vários problemas emocionais, além de mostrar resultados bastante positivos no campo dos problemas físicos.

Baseia-se no fato de que a causa de todas as emoções negativas é um desequilíbrio no sistema energético. A presença desse fluxo de energia já era de conhecimento da antiguidade, em especial a Índia (prana) e China (chi).

Esse sistema bioenergético é a base para os sentimentos da dor, da cura em si e da regeneração do corpo. No sistema chinês há doze meridianos, ou canais de circulação, enquanto que o sistema indiano enfatiza os sete centros energéticos chamados de chakra.

Em resumo, a EFT é uma forma de acupuntura psicológica, com a diferença que não se usa agulhas no seu tratamento. O importante é concentrar-se no item negativo que bloqueia o fluxo da corrente normal da energia dentro do corpo.

Muito se fala em concentrar-se apenas no pensamento positivo. No entanto, a energia não flui livremente enquanto há bloqueios negativos que podem ser desobstruídos facilmente através de leves batidas com os dedos em certos pontos dos canais dos meridianos.

É fato que nossas reações a emoções (que não deixam de ser percepções errôneas) são a causa de tanto estresse que posteriormente acarretam em doenças físicas Uma vez restaurado o equilíbrio energético, o problema em questão estará solucionado. Haverá ainda a memória (como, por exemplo, no caso de um trauma), mas a carga negativa é anulada. De um modo geral, o resultado é duradouro e vem sempre acompanhado por mudanças positivas no pensamento.

A técnica é fácil de aprender e ideal para a auto-cura. A EFT é um sucesso quando aplicada a vários problemas emocionais como ansiedade, fobias, traumas, estresse, aflições, ira, culpa, etc. e também tem sido muito bem sucedida para resolver conflitos de relacionamentos e também para melhorar resultados físicos e esportivos.

Talvez o mais interessante sobre a EFT seja que é uma ferramenta de fácil aplicação e que pode ser usada por qualquer um, sem efeitos colaterais.

Está sendo cada vez mais reconhecido e respeitado o papel do sistema energético do corpo no campo da cura física e emocional. No entanto, a EFT, como terapia alternativa ou terapia natural, ainda continua bem revolucionária, nos primórdios de uma grande mudança em nossa maneira de ver e pensar sobre a saúde.

Comentários