Os dez erros a serem evitados na EFT

1. Querer ser perfeito logo no início. Lógico que você encontrará algumas dificuldades, especialmente em como ser específico(a). O conselho é continuar fazendo, pois o resultado virá mesmo que demore mais tempo.

2. Deixar de praticar todos os dias. Faça pelo menos cinco minutos de EFT todos os dias, de preferência dividido em três momentos diferentes. Siga as instruções do EFT no dia a dia.

3. Deixar de praticar a EFT na hora emergencial. Isto é, durante ou logo após um momento de aflição ou desespero. Isso nos ajuda a sair daquele momento de tensão, evitando muita adrenalina e cortisol. Quando fazemos a EFT em horas muito tensas, damos uma mensagem ao corpo de que está tudo bem. Nessas horas, não é necessário fazer todo o procedimento, muito menos falar as frases de preparação. Basta bater em algum ponto, de preferência o da clavícula. Isso já é o suficiente.

4. Não complique o processo. O importante é começar com a EFT, mesmo que você pense que não consegue fazer certo. É bem possível conseguir bons resultados só com a receita básica.

5. Ser muito genérico, ou não ser específico. Se você não conseguir identificar a raiz do problema, ou seja, o aspecto e a causa emocional, é bem possível que a EFT não traga resultado tão rápido.

6. Mudar de aspecto no meio da rodada e depois não voltar ao aspecto anterior. É muito comum aparecer um novo aspecto durante a aplicação da EFT. Às vezes é possível terminar o aspecto que se está tratando e somente então partir para o novo aspecto. Às vezes isso não é possível. Portanto, ao mudar de aspecto, sempre volte e teste depois se o antigo aspecto ainda está forte. É possível que esteja sem força, mas se ainda estiver forte, volte a trabalhar nele.

7. Abandonar ou se frustrar. Muitas vezes queremos abandonar por não ver resultados tangíveis logo de cara. Nesses casos, é aconselhável deixar para trabalhar nesse aspecto específico mais tarde, dando um descanso. Se persistir, pode ser que haja alguma causa escondida que precisa ser tratada antes. Por exemplo, se a dor não passa, é provável que haja um peso emocional muito forte por detrás, e isso precisa ser tratado antes.

8. Esperar que todos os resultados da EFT sejam permanentes. Não se desespere se algum problema voltar, mesmo depois que tenha sido tratado com sucesso. De modo geral, isso indica que há algum outro aspecto que ainda não foi trabalhado.

9. Aprender apenas o básico. Mesmo que seja suficiente para o começo, é aconselhável investir mais tempo para aprender melhor a arte de aplicar a EFT. É a diferença entre a EFT mecânica e a EFT feita com experiência e intuição.

10. Não ter claro qual o tema que se quer trabalhar. Talvez não seja tão simples ter um tema bem claro. Antes de começar a EFT, pense bem sobre o que se quer trabalhar. Quanto mais focado, melhor. Não será efetivo associar vários temas, enquanto a mente vagueia. Talvez estejam todos interligados, mas será um erro não trabalhar um a um. Trabalhe em cada um até a eliminação ou exaustão.Para um resultado melhor, temos que ir bem a fundo do problema, e senti-lo por algum tempo.

Comentários